Frase da Semana

Nem toda vez você será convocado para a seleção, mas a vida continua e você ainda poder ser melhor dos que foram chamados.

A PRINCESA DO CONTO DE DEUS – PARTE 1

A PRINCESA DO CONTO DE DEUS – PARTE 1



Era uma vez, uma linda princesa que vivia no Reino do Pai (João 1: 12,13). Nesse reino ela tinha tudo que precisava, pois o Rei supria todas as suas necessidades, lhe dando alegria, paz de espírito e preenchia o seu coração com o Amor do Filho dEle. Mas a princesa vivia se queixando que todo esse Amor não era o suficiente e pedia insistentemente ao Pai um príncipe que pudesse ama-la nessa terra.

- Pai, me dá um príncipe? Eu quero tanto um príncipe!
- Agora não filha, respondia o Pai. (Salmos, 27:14)

No outro dia ela insistia:

- Mas Pai, quando o Senhor vai me apresentar o meu príncipe? Todas as meninas de outros reinos tem um príncipe, e eu que sou a filha do Rei Todo Poderoso não tenho?! Resmungava. - Agora não minha filha. No momento certo eu enviarei. (Eclesiastes 3:1)

Depois de muito insistir com o Pai ela pensou:
- Quer saber? Já que meu Pai não quer me enviar o príncipe, eu mesma vou atrás dele. Chega de esperar, eu já me sinto preparada e eu vou partir para o ataque.

A fuga para o reino desconhecido.

A princesa procurava um príncipe no Reino do Pai, mas achava eles muito “parados”. Foi então que a princesa teve a ideia de partir em busca de um príncipe em outro reino.
Não demorou muito para a princesa encontrar um portão grande e largo de um reino chamado Mundo. (Mateus 7:13) Chegando lá fez logo amizade com as meninas daquele reino. Uma delas perguntou:

- De que reino você é? Pois nunca te vi por aqui antes.
Disse a princesa: – Sou do Reino do Rei Todo Poderoso. Conhece?

- Sim conheço só de ouvir falar. Tem algumas princesas que eram desse reino e hoje vivem aqui. Disseram-nos que nesse Reino tem que obedecer aos decretos do Rei. Você fez muito bem em sair dele, olha pra você, uma linda jovem, com tanta coisa pra “curtir”; não tem que ficar perdendo tempo com essas bobeiras de Reino e obediências ao Rei.
No nosso reino não temos obrigação em prestar conta pra ninguém. Aqui é só curtição. Vivemos tudo aquilo que “queremos viver”! Sem essa besteira de “não pode isso”, ou “não pode aquilo”. Aqui pode TUDO.

- Nossa, então deve ser bem divertido né? Disse a princesa.
- Sim, claro, declara a nova “amiga”. - Venha, vamos te levar pra conhecer o nosso reino. Hoje tem uma grande festa, “geral” vai estar lá e você não pode perder.

O que a princesa não sabia é que esse reino era um reino de festas e alegrias passageiras, e que quanto mais ela conhecesse esse reino, mais distante ela ficava do Reino do Pai.

Na próxima parte você saberá tudo o que aconteceu com a princesa nesse reino desconhecido. Será que a princesa vai encontrar o tal “príncipe” que ela tanto procura? Aguardem!


R. Preciosa.

0 comentários:

Postar um comentário



Visita na semana

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital